O Especialista na Arte de Amar



Mulher que faz greve de sexo merece chifre? – Por MachoAlfa

É o seguinte: sou casado e sempre me esforcei para satisfazer minha mulher, emocionalmente, sexualmente e materialmente também, dentro dos limites da dignidade do macho, é claro. (não sou capacho de mulher). Tem uma fila de mulher dando mole para mim, mas sempre estive firme e fiel, como acredito que tem que ser. Mas de uns tempos para cá, minha digníssima mulher resolveu me pressionar para conseguir o que quer, fazendo greve de sexo. Diante de tal atitude, não me restou alternativa a não ser fazer a fila andar. Que as mulheres saibam que, se gostam de seus homens, não os deixem sem sexo, em nenhuma hipótese. Este é o caminho mais fácil para ganhar uma peruca que ninguém gosta de usar. Você acha que mulher que faz greve de sexo merece chifre?

Jatobá

Primeiro de tudo: hoje este blog completa um ano! Obrigado a todos pela audiência e pela paciência. E obrigado aos integrantes do Conselho Macho pelas importantes e significativas colaborações.

Vamos à resposta ao nosso amigo: é raro, mas a vida, às vezes, é simples. Todo ser humano precisa de sexo. Nós precisamos um pouco mais do que elas. Questão hormonal. Mas elas também precisam e também gostam. Ou deveriam (precisar e gostar). Sendo assim, por que fazer greve de sexo? E pior: por que usar isso como instrumento para convencer o sujeito a fazer o que ela quer?

Você já deixou claro que tua mulher fez uma escolha bastante infeliz. Por quê? Nós, se pudéssemos, faríamos sexo todos os dias. É raro o dia em que não queremos, muito raro. Precisa acontecer algo grave, como morrer alguém muito próximo, para cortar o nosso apetite sexual.

Getty Images / Greve de sexo é tática estúpidaGetty Images / Greve de sexo é tática estúpida

Portanto, se a mulher quer “obter” favores ou sacrifícios do cara, deveria inverter a tática. Deixá-lo feliz e satisfeito sexualmente seria um ótimo passo para que ele topasse tudo, desde as tarefas mais inglórias do lar, como arrumações, pendurar quadros, limpar o banheiro até as visitas frequentes à casa daquela velha chata, a tal da sogra.

Mais um argumento para provar que a tua mulher errou: dificilmente um cara sem sexo vai ficar de bom humor. E o mau humor pode ser responsável por brigas diárias e uma rotina massacrante. “É mesmo, sobe para a cabeça!”, disse a tia Henriqueta, mestre em sabedoria popular. Mas não é só isso. Não adianta achar que o cara vai se masturbar e está tudo bem. A masturbação é um paliativo que ajuda a descarregar a arma, mas não resolve a situação. Se resolvesse ninguém precisaria falar com as mulheres (já pensou como a vida seria mais fácil?)

Aliás, aqui vai uma dica para a mulherada: quer agradar? Não compre uma camisa ou um sapato. Espere-o pronta para o sexo. Ou chegue em casa pronta para o sexo. Ataque-o sexualmente. Surpreenda-o, use tudo o que puder. Ok, vou parar por aqui.

Sim, Jatobá, tua mulher merece chifre. Sem dúvida. Assim como aquelas mulheres insuportáveis, que só abrem a boca para brigar e reclamar do cara. Mas também sou a favor da fidelidade caso a mulher seja parceira, carinhosa, cúmplice. E, principalmente, se não regular a mixaria.

O mundo seria um lugar bem melhor se as pessoas falassem menos, trabalhassem menos, brigassem menos e fizessem mais sexo. Portanto não dá para apoiar qualquer tipo de greve neste quesito.

Abs,

J.J.

Fonte: MachoAlfa


%d blogueiros gostam disto: